Buscar: Em:
A BATALHA CONTRA A ALTITUDE NO PAN-AMERICANO DE MTB2017
 

  
SPECIALIZED  
04/04/2017

Os atletas da equipe Specialized Racing BR participaram no último final de semana da 11ª edição do Campeonato Pan-americano de Mountain Bike em Paipa - Boyacá, na Colômbia. Após uma semana de trabalho duro nos treinos, aclimatação ao local com 2.600 metros de altitude acima do nível do mar e competições com disputas acirradas, o time formado pelos ciclistas Erick Bruske, Lucas Sírio, Larissa Brasa e Bruna Elias representou o Brasil com muito orgulho e determinação nas provas de revezamento por equipes (XCR), sprint eliminator (XCE) e cross country olímpico (XCO).

\"Todos os atletas da Specialized Racing BR estão felizes com a experiência de competir no mais alto nível do mountain bike na América Latina em condições desafiantes em virtude da altitude, contra atletas já aclimatados, lutando até o fim de cada competição e defendendo importantes posições\" conta o educador técnico da equipe Henrique Furtado, que acompanhou o time nesta viagem e que contou ainda com suporte mecânico exclusivo e nutrição de primeira oferecida pela Honey Stinger.
 
Top 5 no XCE

Foram quatro dias de competições em vários formatos, onde a ciclista Bruna Elias se destacou andando muito forte na sua estréia na categoria junior. Na prova de Sprint Eliminator, em que a atleta faz uma tomada de tempo e depois disputa baterias eliminatórias entre quatro competidoras, a gaúcha de 17 anos classificou-se na quarta colocação geral, demonstrando grande chance de medalha. Na fase semi-final, a ciclista cometeu um erro na largada mas mostrou seu potencial: atacou, ultrapassou e pedalou na segunda colocação, no entanto, um leve tombo nas curvas finais do percurso tirou a chance de Bruna brigar pelo título no XCE. Na final B, válida pela disputa da quinta colocação, Bruna venceu e finalizou em top 5 na competição.

Na categoria sub-23, Larissa Brasa classificou-se na nona colocação e após disputas em baterias acirradas, terminou com o honroso sétimo lugar.


Os atletas da Specialized Racing BR também representaram o Brasil na disputa pelo título de revezamento por equipes (XCR), prova em que um atleta de cada categoria realiza uma volta no circuito. Lucas Sírio (junior) e Larissa Brasa (sub-23) integraram a seleção brasileira ao lado de Bruno Lemes, Karen Olímpio e Guilherme Muller -  time conquistou a sexta colocação.


XCO  

Na prova de cross country olímpico, realizada no circuito com 3,5 quilômetros de distância por cada volta, as disputas se resumiram em superação.

\"Disputei a prova mais intensa da minha vida. Consegui um sofrido top 10 em meu primeiro ano na categoria Junior Feminino no Campeonato das Américas. Minhas pernas estavam inteiras, eu estava confiante, porém meu corpo não reagia, infelizmente a altitude interferiu no meu desempenho. Estou muito feliz e com a consciência tranquila, sei que fiz o melhor que podia e que cada gota de suor nos treinos valeu a pena. Foi uma experiência única, estou voltando para o Brasil com a melhor bagagem de prova que já tive. Sou muito grata à Specialized Racing BR pela confiança e por acreditar no meu talento\" descreve Bruna Elias, que já coleciona uma medalha de prata na competição, conquistada em 2016 na categoria juvenil.

Na categoria sub-23 feminina, Larissa Brasa também encontrou uma prova disputadíssima. \"Larissa sentiu a altitude e o alto nível da prova já na largada, ela imprimiu um ritmo constante, recuperou algumas colocações, mas um tombo batendo com a cabeça fez a atleta perder muito tempo. Mesmo com a dor, Larissa não desistiu e terminou forte chegando em 13º lugar\" - relata Henrique Furtado. 

O ciclista mineiro Lucas Sírio fez uma grande prova na categoria junior. \"Lucas fez uma ótima largada e manteve a posição andando fortíssimo, chegando em 13º lugar, sendo o melhor ciclista brasileiro da junior\" - avalia o técnico. \"O circuito era muito duro e técnico, aumentando o desafio com a altitude. Estou muito feliz com o resultado\" - afirma o jovem ciclista natural de Conselheiro Lafaiete, que já projeta grandes resultados nas próximas competições. 

No dia de encerramento do Pan de MTB 2017, o catarinense Erick Brusque foi para pista equipado com sua Specialized Epic HT World Cup, sapatilha S-Works 6 MTB e capacete S-Works Prevail II, sempre incentivado pelos outros companheiros de equipe.

\"A largada da sub-23 foi brutal mostrando que esses atletas competem em nível da elite. Erick se posicionou bem no inicio da corrida e segurou o ritmo forte, mas na final da terceira volta sentiu muito o efeito da altitude tendo até mesmo que parar para respirar durante a prova. Erick lutou até o final e terminou a prova entre os 40 colocados, em umas das competições mais disputadas que o XCO da América Latina já presenciou,\" - completa o educador técnico.


O time Specialized Racing BR é formado por ciclistas talentosos, aguerridos e com vontade de crescer. Com isso, o saldo da participação no Pan-Am MTB 2017 é de muito aprendizado, pois o grupo acredita que quanto maior é o desafio, maior é a oportunidade de evolução. Por isso, os atletas recebem estrutura e apoio incondicional diante de todo esforço e dedicação que tem entregado à equipe e a marca Specialized. Afinal, ter a oportunidade de representar o Brasil numa prova tão importante como essa é uma vitória vibrada por todos.


Mais informações: http://racingbr.specialized.com.br/

Fotos
  
SPECIALIZED  

Deixe seu comentário sobre a notícia

Seu nome/apelido:
Seu comentário:
Digite o que você vê na imagem abaixo: *
   

 
Revista Dirt Action
Revista Moto Action